Psicologia

Psicologia é uma ciência que trata dos estados e processos mentais, do comportamento do ser humano e de suas interações com um ambiente físico e social.

A Psicologia se apresenta, em vários momentos de nossas vidas, como um recurso imprescindível para se libertar de uma situação percebida por nós como de insatisfação ou infelicidade permanente, possibilitando o rompimento de um estado de paralisia, que se mantido indefinidamente, pode levar ao adoecimento físico.

É um espaço de cuidado, ou seja, cuidado por nós mesmos, onde tiramos um tempo para aprender a responsabilidade que temos em relação a nossa felicidade. Nesse espaço, um profissional com uma escuta apurada estará conosco nos momentos onde parece que estamos sozinhos.

Atualmente, é quase uma unanimidade o reconhecimento que a parte emocional negligenciada e desequilibrada pode ser o principal ou um dos principais fatores no desencadeamento das mais diversas doenças e patologias orgânicas. Deste ponto de vista, essas doenças seriam, na verdade, apenas sintomas de um estágio anterior de desequilíbrios de natureza psicológica.

A psicologia oferece suporte para pessoas que estão atravessando dificuldades físicas e/ou emocionais. É um recurso para lidar com as dificuldades do existir, favorecendo autoconhecimento, crescimento e amadurecimento.

Também pode ser entendida como um espaço oportuno para compreender e mudar as relações no trabalho, escola, família e sociedade.

O tempo das sessões pode ser eleito de acordo com um bom vínculo formado entre paciente e psicólogo, por isso é essencial que o paciente encontre um profissional que tenha uma boa empatia.

Na Multy Saúde, as profissionais atuam nas seguintes intervenções: 

Intervenção em criança

As crianças passam por vários momentos ao longo de seu desenvolvimento e alguns deles não são vividos e superados em harmonia. Por vezes, são confrontados com questões e desafios com os quais ainda não conseguem lidar.

Estas circunstâncias podem gerar sintomas que requerem intervenção terapêutica, que visa o restabelecimento de seu desenvolvimento. O trabalho do Psicólogo será o de acolher e permitir à criança vivenciar e reelaborar novas situações, livres de angústia e ansiedade, de forma lúdica.

 

 

Intervenção em adolescente

A adolescência é a fase das mudanças internas e externas, podendo ser causa de sofrimento e angústia em se tratando às questões relacionadas a transformações, caracterizadas por maior ou menor capacidade de ajustamento a estas modificações.

Esta fase pode ser decisiva na integração da personalidade.
O Psicólogo pode assisti-lo neste processo reflexivo, perante qual o adolescente se confrontar.

 

Intervenção em adulto

Quando nos tornamos adultos, além da imensa gama de responsabilidades à cumprir, cabe-nos toda a demanda de funções e papéis que somos lançados a desempenhar e nem sempre conseguimos fazê-lo diante de conflitos mal resolvidos, fragilidades, falta de perspectivas ou ainda sobre algum distúrbio psiquiátrico que se instala, causando grande dor e impacto em nossas vidas e em nossos relacionamentos.

O Psicólogo neste momento, vai auxiliá-lo quanto a sua dinâmica, confrontando suas angústias e medos, ajudando-o a ressignificar seu olhar sobre a vida, proporcionando assim o restabelecimento de seu equilíbrio, prazer e autoestima. 

Psicologia Comportamental

Também conhecida como ‘behaviorismo’, essa área da Psicologia estuda a conexão entre nossas mentes e ações, explorando tudo o que está escondido por trás de nossos pensamentos, nossas atitudes e emoções.

Para a psicologia comportamental, não existe uma dualidade mente-corpo e, assim, tudo é visto como comportamento operante: emoções, ações, reações fisiológicas, linguagem, pensamento etc.

Os pesquisadores e cientistas dessa área sugerem que todos os comportamentos são aprendidos, seja por meio de associações, seja por recompensas ou punições. Esses profissionais se debruçam em estudos para a descoberta de padrões em nossas ações e comportamentos, bem como os fatores que as influenciam.

Muitas vezes, o intuito é utilizar esses fatores a nosso favor. Ao usar a psicologia comportamental para nos ajudar a prever como os humanos se comportam, podemos construir melhores hábitos como indivíduos e suprimir os comportamentos indesejáveis.

Psicologia/ Psicanálise

Psicanálise é um ramo clínico teórico que se ocupa em explicar o funcionamento da mente humana, ajudando a tratar distúrbios mentais e neuroses. O objeto de estudo da psicanálise concentra-se na relação entre os desejos inconscientes e os comportamentos e sentimentos vividos pelas pessoas.

Em suma, o estudo de Freud representa a chamada “teoria geral da personalidade”, que consiste num método de psicoterapia. Para que haja o correto entendimento dos processos mentais a partir da ótica da psicanálise, é necessário distinguir os três níveis de consciência do ser humano: 

Consciente: é o estado em que sabemos (temos consciência) daquilo que pensamos, sentimentos, falamos e fazemos. São todas as ideias que os indivíduos estão cientes de existir / pensar.

Pré-consciente: é o estado das ideias que estão inconscientes, mas que podem voltar a ser conscientes, caso haja o correto direcionamento da atenção dos indivíduos para elas. Os pensamentos que se encontram neste estado, por exemplo, podem ser percebidos a partir dos sonhos.
Inconsciente: onde ficam guardados todos os desejos e ideias reprimidas, censuradas e inacessíveis ao estado consciente, mas que acabam por afetar os comportamentos e sentimentos dos indivíduos.

Assim, a partir da observação, o psicanalista consegue identificar vestígios de traumas, desejos ou ideias que tenham sido reprimidas para o inconsciente do paciente e que, como consequência, provoquem distúrbios comportamentais e neuroses.

Contato

Preencha corretamente o formulário ao lado, em breve retornaremos.

11 3978-3309
11 3998-6767
11 96152-3300

contato@multysaude.com.br

Rua Henri Potiron, 23 - Freguesia do Ó
São Paulo - SP - 02930-110

WhatsApp chat